quarta-feira, 30 de março de 2011

Diferença entre os processadores de dois ou mais núcleos


Começarei hoje uma série de dicas para otimização do seu sistema operacional Windows, algumas pessoas tem problemas do tipo, pouca memória, pouco espaço de armazenamento (HD pequeno), CPUs antigas, como Celeron e outros processadores mais antigos ainda, para que os leitores possam estar acessando as informações do meu blog da melhor forma possível é bem verdade que não da para fazer milagre, mais da para acelerar bastante, muitos processos com essas dicas, espero que fiquem ligados estarei postando diariamente pelo menos duas dica diferente.

Diferença entre os processadores de dois ou mais núcleos

A Intel, referência em processadores, apresenta uma série de opções que confundem e muito aquele que não conhece muito do assunto. Com certeza, você já viu nomes como “Dual Core”, “Core2Duo”, “Core2Quad”, “Core” i3”, “Core i5”,  “Core i7” e certamente se perguntou qual seria a diferença dessa diversidade de opções. Descreverei aqui a quantidade de núcleos e as tarefas de cada configuração, portanto, não esperem que eu aponte o melhor ou o pior, até porque o melhor é o que nosso bolso pode alcançar.

Dual Core x Core2Duo x Core2Quad

Dual Core é uma tecnologia de processadores que trabalham com dois núcleos de processamento, ou seja, dois processadores dentro de um só. Em termos de características, preço e desempenho em uma freqüência determinada, Dual-Core Pentium foram posicionados acima do Celeron, mais abaixo do Core e Core 2 , podem oferecer um desempenho muito bom quando em overclock.
Os Core 2 duos são os melhores processadores da geração que possuem 2 núcleos, são recomendados para jogos de ultima geração, edições e outras tarefas que requisitem alto processamento, atualmente o melhor Dual Core do mercado no que diz respeito a Custo x Benefício e poder de processamento. Porém esse poder de processamento, só é perceptível se você utilizar um sistema operacional de 64 bit, e ainda assim, em aplicativos pesados, você não consegue perceber essa velocidade utilizando o word, navegadores e outros aplicativos que não exijam poder de processamento.
Nada mais é que um processador de quatro núcleos, muito bom para altíssimos processamentos, porém a falta de aplicativos para rodar com quatro núcleos faz com que muita das vezes perca em comparação com o core 2 duo, pois às vezes, a otimização de certas aplicações para apenas dois núcleos fala mais alto ao ponto de desbancar um processador com duas vezes mais capacidade. 

Core i3 x Core i5 x Core i7 

O i3 fica responsável para atender aos usuários menos exigentes, utilizam o socket LGA 1156, traz dois núcleos de processamento, tecnologia Intel Hyper-Threading (que possibilita a realização de mais tarefas). O i3 parece ser fraco, porém eles vieram para substituir o Core2Duo, todo i3 vem com controlador de DDR integrado, um controlador de vídeo também integrado e o suporte para utilização de duplo canal para memória RAM (memórias trabalham aos pares). O Windows detecta quatro núcleos, o que não é real. Um QuadCore tem um desempenho infinitamente melhor, em qualquer que seja a atividade realizada, o que enaltece o i3 é a tecnologia que possibilita a execução de vários aplicativos ao mesmo tempo. Esta tecnologia possibilita que o núcleo consiga realizar duas atividades ao mesmo tempo, por isso o Windows detecta quatro núcleos.
 O Intel Core i5 é encarregado de suprir as necessidades do mercado de porte intermediário, ou seja, aqueles mais exigentes que realizam tarefas mais pesadas. Em modelos de dois ou quatro núcleos, os CPUs Core i5 possuem até 8 MB de memória cache (nível L3) compartilhada, também utilizam o soquete LGA1156, controlador de memória DDR integrado, tecnologia Intel Hyper-Threading, tecnologia Turbo Boost e entre outras coisas mais.

A tecnologia Turbo Boost da Intel promete aumentar a velocidade do processador automaticamente, faz com que o núcleo do processador trabalhe com velocidade maior que a frequência especificada com isso o desempenho dos aplicativos         melhoram      consideravelmente. 
Agora se você quer ter uma última palavra em tecnologia o i7 é o que procura. Um espetáculo, esse processador é capaz de grandes proezas, voltada ao público entusiasta e profissional. Todos os CPUs da série Core i7 possuem quatro núcleos (o i7-980X possui seis núcleos), memória cache L3 de 8 MB, controlador de memória integrado, tecnologia Intel Turbo Boost, tecnologia Intel Hyper-Threading, tecnologia Intel HD Boost e ainda o recurso Intel QPI. A tecnologia HD Boost possibilita um maior desempenho em aplicativos mais robustos que necessitem de um alto poder de processamento. Já o recurso Intel QPI tem como principal vantagem o fato dos processadores terem um controlador de memória integrado, existindo assim dois barramentos: um de memória para conectar o processador à memória e um barramento de entrada/saída para conectar o processador ao resto dos componentes, estes substituem o antigo FSB. Sendo assim um i7 é muita tecnologia para um mero usuário, primeiro pelo custo, e segundo que ele não muito benefícios, porém, um i7 significa que por muito tempo não será necessário um upgrade, já para um profissional ele faz toda a diferença na hora de renderizar vídeos, além de economizar tempo nas tarefas menos importantes.

4 comentários:

Tamires Brito disse...

Muito bom pra quem entende...rsrsr! Boa sorte nesse novo projeto.
Bjs

·•·•Ẅ€ďn€¥ ¥µ®¡•·•· disse...

É sempre bom explicar a diferença entre os vários tipos de processadores existentes. Dá para entender, mas para enriquecer ainda mais a postagem seria interessante montar uma tabela mostrando os processadores e suas características, velocidade, tipos de usuários e custo.

Samuel Leal disse...

Vlw Yuri, estarei me atentando para isso obrigado pela visita e volte sempre, caso queira e só falar que monto uma tabelinha pra ti, um grande abraço.

Samuel Leal disse...

Obrigado Thamy, meu anjo, terei sorte sim aproveita e divulga o blog, bjs.

Postar um comentário

Banner 120x60 HumorCeego